OUTREACH

Noites no Observatório

A viver de perto o Universo no último sábado de cada mês.

Noites no Observatório

Máquinas de Caçar Planetas
Noites no Observatório, 24 de junho, 2017

com Pedro Figueira, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço

Sábado, 24 de junho, 2017, no Planetário Calouste Gulbenkian – Centro Ciência Viva (Lisboa).

A sessão terá início com a palestra às 21:30. Após a palestra haverá um pequeno espetáculo de música e efeitos na cúpula do Planetário. As observações astronómicas decorrerão em contínuo ao longo da noite, até às 24:00.

“Máquinas de Caçar Planetas”, por Pedro Figueira

Desde a deteção do inóspito 51 Peg b descobrimos mais de 3600 exoplanetas, com propriedades que desafiam tanto a imaginação como várias teorias científicas.

Nesta palestra vamos conhecer a história da deteção e caracterização de planetas em torno de outras estrelas, uma história cheia de surpreendentes descobertas e de muitas perguntas ainda hoje em aberto.

A comunidade de investigadores portugueses é muito ativa neste domínio e está envolvida na construção de “máquinas de caçar planetas”, espectrógrafos de alta resolução usados para detetar outros mundos fora do Sistema Solar.

Terminaremos esta sessão discutindo a nossa capacidade de detetar planetas com as mesmas propriedades da Terra, e a participação de Portugal naquela que é provavelmente a grande questão científica dos nossos tempos.

Nota Biográfica

Pedro Figueira é Licenciado em Física pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e doutorado em Astronomia pela Universidade de Genève, onde teve como supervisores Michel Mayor e Francesco Pepe.

Atualmente é Investigador FCT no Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), onde participa ativamente na procura de novos planetas.

Especializou-se na aplicação do método das velocidades radiais ao infravermelho e desenvolve instrumentação e software para deteção de planetas de pequena massa.

Para além da pesquisa científica, está fortemente envolvido em atividades de formação e de divulgação. Gosta de cerveja belga e de Lindy Hop.



As Noites no Observatório são sessões mensais constituídas por uma palestra, dada por um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), e observações do céu noturno com telescópios.

As Noites no Observatório realizam-se desde 2009 e regularmente são enquadradas em eventos de âmbito nacional e internacional, como a Noite Europeia dos Investigadores ou a Semana da Ciência e Tecnologia.

Desde novembro de 2015, as Noites no Observatório são realizadas em parceria com o Planetário Calouste Gulbenkian – Centro Ciência Viva, tendo lugar neste mesmo local. 

Inscrições

Apesar de ter acesso gratuito, a atividade requer uma inscrição obrigatória que pode ser realizada aqui.
As inscrições abrem, em geral, na segunda-feira da semana anterior ao evento. 

Atenção: Devido à crescente procura das nossas atividades e ao facto de existirem desistências sem aviso prévio, será solicitado por e-mail até dois pedidos de confirmação das presenças. A ausência de resposta (48 horas após a receção do pedido de confirmação) será tomada como uma desistência, sendo cancelada a inscrição. Por este motivo, esteja atento à sua caixa de correio eletrónico de modo a poder confirmar a sua participação nas atividades, quando lhe for solicitado.

Importante: A existência de observações astronómicas está sujeita às condições meteorológicas. Como têm lugar no exterior, aconselha-se o uso de roupa confortável e quente.

A realização da palestra é independente das observações. 
O Planetário Calouste Gulbenkian - Centro Ciência Viva abre as suas portas meia hora antes do evento.

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço Universidade do Porto Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Fundação para a Ciência e a Tecnologia