NEWS
Planetário do Porto recebe louvor do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
2016 dezembro 09

Edificio do Planetário do Porto - Centro de Ciência VivaLouvor Diário da República - Louvor nº 583/2016
A Agência Nacional Ciência Viva e todos os Centros Ciência Viva, incluindo o Planetário do Porto – Centro Ciência Viva, receberam um louvor do Senhor Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Manuel Heitor.

No texto, publicado na passada segunda-feira em Diário da República (2.ª série — N.º 232 — 5 de dezembro de 2016), o Senhor Ministro manifesta “público louvor, porque inteiramente devido, à Agência Nacional Ciência Viva e aos vários Centros Ciência Viva pelo contributo inegável que têm tido na promoção da cultura científica e tecnológica na sociedade portuguesa, através de ações dirigidas a diferentes públicos, com especial ênfase na comunidade juvenil, incentivando a inovação e a experimentação direta, fomentando a cidadania científica e potenciando a interação entre as instituições de ensino e investigação e as empresas, em especial para as pequenas e médias empresas, de forma a aumentar a sua produtividade e competitividade.”

O Planetário do Porto – Centro Ciência Viva agradece ao Senhor Ministro pelo presente reconhecimento, que resulta de 18 anos de trabalho na promoção da cultura científica e tecnológica. Parabéns ainda à Agência Ciência Viva e a todos os nossos parceiros da rede de Centros Ciência Viva.

Inaugurado a 24 de novembro de 1998, o Planetário do Porto é um centro de ciência da Universidade do Porto, parte integrante da rede de Centros Ciência Viva, e gerido pela associação Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP1). A sua atividade de comunicação de ciência tem como base a investigação desenvolvida no Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA2), a maior unidade de investigação na área das Ciências do Espaço em Portugal.


NOTAS:
1. O Centro de Astrofísica da Universidade do Porto (CAUP) é uma associação científica e técnica privada, sem fins lucrativos e reconhecida de utilidade pública, criada em maio de 1989 (Programa Mobilizador de Ciência e Tecnologia) e que iniciou as suas atividades em outubro de 1990. Tem como objetivos apoiar e promover a Astronomia através da investigação científica, a formação ao nível pós-graduado e universitário, o ensino da Astronomia ao nível não universitário (básico e secundário) e a divulgação da ciência e promoção da cultura científica.
2. O Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA) é a maior unidade de investigação na área das Ciências do Espaço em Portugal, integrando investigadores da Universidade do Porto e da Universidade de Lisboa, e englobando a maioria da produção científica nacional na área. Foi avaliado como “Excelente” na última avaliação que a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) encomendou à European Science Foundation (ESF). A atividade do IA é financiada por fundos nacionais e internacionais, incluindo pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (UID/FIS/04434/2013), POPH/FSE e FEDER através do COMPETE 2020.

Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço Universidade do Porto Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Fundação para a Ciência e a Tecnologia
OUTREACH
Outreach at IA